12 Intérpretes do Brasil

12 Intérpretes do Brasil é um curso que apresenta o pensamento crítico e a obra de 12 intelectuais fundamentais e indispensáveis para a compreensão do Brasil.

Você vai conhecer o pensamento de grandes protagonistas nas lutas de independência, nas campanhas abolicionistas e nos projetos de democratização e formação social, cultural, política e econômica do país.

Nestas 12 aulas, dadas por 10 professores e professoras que são estudiosos dos autores abordados, oferecemos um olhar aprofundado sobre a contribuição de José Bonifácio, André Rebouças, Oliveira Vianna, Sérgio Buarque de Holanda, Gilberto Freyre, Caio Prado Júnior, Florestan Fernandes, Maria Sylvia de Carvalho Franco, Paula Beiguelman, Guerreiro Ramos, Lélia Gonzalez e Celso Furtado. Além dos seus retratos individuais, discutimos os contextos históricos e culturais nos quais estes autores e autoras produziram suas obras.

A proposta é oferecer caminhos para que os alunos possam ler por conta própria seus textos clássicos, estimulando o aprendizado autônomo e a educação libertadora.

O curso é voltado para todas e todos que querem ampliar a compreensão do Brasil, em todas as suas dimensões, a partir de diversos olhares para o passado, o presente e para as perspectivas de futuro.

Para quem é o curso

N

Para quem quer compreender os dilemas da formação brasileira

N

Para quem quer entender a história das lutas por igualdade racial e de gênero no Brasil

N

Para quem quer descobrir escolas de pensamento genuinamente brasileiras

N

Para quem quer conhecer os projetos políticos e econômicos que marcaram a nossa história

Inscreva-se

E receba o link para a

Aula gratuita

    Caso não receba o email em 5 minutos, verifique sua caixa de spam.

    Por que participar do curso
    12 Intérpretes do Brasil 

    N

    Para conhecer pensadoras e pensadores brasileiros

    N

    Para compreender visões diversas sobre as origens dos problemas contemporâneos do país

    N

    Para saber mais sobre a história nacional a partir de pontos de vista diversos

    N

    Para refletir sobre os desafios do Brasil no presente e no futuro

    O que mais você vai encontrar no curso

    N

    Acesso a um corpo docente com renomados professores que são especialistas nas obras dos autores e autoras abordados

    N

    Mais de 12h de conteúdo

    N

    Slides apresentados nas aulas

    Coordenadores

    Q

    Silvio Almeida

    Silvio Almeida é graduado em Direito e em Filosofia e doutor em Direito pelo departamento de Filosofia e Teoria Geral do Direito da USP (Universidade de São Paulo).  
     
    É professor de Filosofia do Direito e Teoria Geral do Direito da Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie, nos cursos de graduação e no programa de pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado) em Direito Político e Econômico. Professor da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV-EAESP).  
     
    Foi professor visitante do Centro de Estudos Latino-Americanos e Caribenhos da Universidade de Duke, onde lecionou as disciplinas “Vidas Negras Importam: EUA/Brasil” e “Raça e Direito na América Latina”. Diretor do Instituto Luiz Gama e advogado.  

    Silvio Almeida

    Q

    Júlio Cesar de Oliveira Vellozo 

    Julio César de Oliveira Vellozo, bacharel em história pela USP, mestre pelo programa Culturas Brasileiras do Instituto de Estudos Brasileiros/USP e doutor em História Social pela USP. Tem dois pós-doutorados, um na Faculdade de Direito da Universidade de Salamanca e outro na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Professor da Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie e da graduação, mestrado e doutorado da FADISP. É bolsista FUNADESP. 

    Júlio Cesar Vellozo 

    Professores

    Q

    João Carlos Kfouri Quartim de Moraes 

    Formado em Filosofia e Direito pela Universidade de São Paulo, professor de Filosofia na USP (1965-69), em Paris VIII-Vincennes (1971-79) e na Universidade Estadual de Campinas (a partir de 1982), João Quartim de Moraes é doutor de Estado pela Fondation Nationale de Science Politique da Academia de Paris, com a tese Les militaires et les régimes politiques au Brésil: 1889-1979, defendida em 1982. Publicou dezenas de livros e artigos sobre a origem da dialética, a concepção aristotélica do tempo, a cosmologia e a ética materialistas de Epicuro e Lucrécio, as origens feudais do liberalismo e os paradoxos da democracia, os fundamentos filosóficos do marxismo e de suas conexões com a teoria da evolução. Publicou na Inglaterra Dictatorship and Armed Struggle in Brazil (1971), depois reeditado nos Estados Unidos e na Itália; A esquerda militar no Brasil, em dois volumes (1991 e 1994) e quatro estudos sobre a História do marxismo no Brasil (em seis volumes).  

    João Quartim de Moraes 

    Q

    Juliana Leme Faleiros

    Juliana Leme Faleiros é graduada em Direito e Ciência Política, mestra e doutoranda em Direito Político e Econômico. Desenvolve pesquisas sobre pensamento social brasileiro, teoria feminista e direito constitucional. 

    Juliana Faleiros

    Q

    Juliane Furno

    Juliane Furno é cientista social, mestre e doutora em Desenvolvimento Econômico no Instituto de Economia da Unicamp. É especialista em mercado de trabalho, desenvolvimento econômico e política industrial no setor de Petróleo e Gás. É colunista do Jornal Brasil de Fato e economista-chefe do IREE.

    Juliane Furno

    Q

    Júlio Cesar de Oliveira Vellozo 

    Julio César de Oliveira Vellozo, bacharel em história pela USP, mestre pelo programa Culturas Brasileiras do Instituto de Estudos Brasileiros/USP e doutor em História Social pela USP. Tem dois pós-doutorados, um na Faculdade de Direito da Universidade de Salamanca e outro na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Professor da Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie e da graduação, mestrado e doutorado da FADISP. É bolsista FUNADESP. 

    Júlio Cesar de Oliveira Vellozo 

    Q

    Marcio Farias 

    Graduado em Psicologia pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (2011). Mestre e Doutorando em Psicologia Social na PUC-SP com vinculação ao NUTAS (Núcleo de Estudos e Pesquisa Trabalho e Ação Social). Professor convidado do CELACC (Centro de Estudos Latino Americanos sobre Cultura e Comunicação) da ECA/USP. Membro do colegiado do Instituto Amma Psique e Negritude. Compõe o Conselho Editorial da Editora Dandara. Compõe o Conselho Cientifico do Instituto Brasileiro de Estudos Contemporâneos (IBEC) da Unesp de Marília. Membro de Comissões de Avaliação de Ações Afirmativas em Concursos Públicos para a Fundação Carlos Chagas. Trabalhou como professor convidado da Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia (FAJE). Foi coordenador do Núcleo de Desenvolvimento Institucional do MuseuAfroBrasil. Atualmente coordena o curso de especialização “A Ética do Cuidado: cuidado intersetoriais” pelo Instituto Amma Psique e Negritude. Coordenou as equipes educativas das exposições “Pretatitude: Insurgências, emergências e afirmações na arte”; “Fernando Lemos: mais a mais ou menos” e “Países Espelhados: objetos, imagens, sabores e memória: Encontros Culturais entre o Brasil e nações africanas de Língua Portuguesa” pelo SESC/SP. Curador da Exposição “Rostos Invisiveis da Imigração no Brasil” pelo Museu da Imigração. Foi parecerista de Projetos Culturais e Artísticos da Funarte e Avaliador de Projetos Artísticos e Culturais para a Prefeitura de Piracicaba/SP. Foi coordenador da Revista Fim do Mundo nº 4, dossiê temático: Capitalismo e Racismo: a práxis negra. É parecerista da Revista Acadêmica “ExtraPrensa” da ECA/USP, da Revista Editorial de Olh@res do Dept de Educação da Unifesp, da Revista Latinoamericana de Estudios del Trabajo (RELET), publicação da Associação Latinoamericana de Estudos do Trabalho (ALAST), e da Revista Horizontes Antropológicos da UFRGS – Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Palestrante e conferencista sobre relações raciais, participou do Simpósio “Afrodescendentes no Brasil: conquistas, desafios do presente e perspectivas para o futuro” como convidado pela Universidade Harvard, EUA. Organizou o livro: ” Violência e Sociedade: racismo como estruturante da sociedade e da subjetividade do povo Brasileiro(2018) pela Editora Escuta. É autor do livro “Clóvis Moura e o Brasil: um ensaio crítico” e editor do livro “Negro, de bom escravo a mau cidadão?”, de Clóvis Moura, pela editora Dandara. Em pesquisa, desenvolve estudos sobre pensamento social brasileiro e relações raciais; questão racial e lutas de classes na América Latina; psicologia, marxismo e relações raciais. 

    Marcio Farias 

    Q

    Muryatan Santana Barbosa 

    É bacharel em História (2001), mestre em Sociologia (2004), doutor (2008-2012) e pós-doutor em História da África (2014-2016), todos pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da Universidade de São Paulo (USP). Foi pesquisador visitante na Universidade de Harvard (2010) e consultor da UNESCO-Brasil para o Programa Brasil-África: histórias cruzadas (2011-2012). Trabalha atualmente com temáticas relativas ao Pan-africanismo, União Africana, Sul Global, Relações Étnico-Raciais e Teorias do Sul. É professoradjunto do Bacharelado em Ciências e Humanidades, do Bacharelado em Relações Internacionais e do Programa de Pós-Graduação em Economia Política Mundial, da Universidade Federal do ABC (UFABC). É membro do Núcleo de Estudos Africanos e Afro-brasileiros da UFABC (NEAB-UFABC). É autor dos livros “Guerreiro Ramos e o personalismo negro” (Paco, 2015) e “A razão africana: breve história do pensamento africano contemporâneo” (Todavia, 2020), além de artigos especializados. 

    Muryatan Barbosa 

    Q

    Paulo Teixeira Iumatti

    Paulo Teixeira Iumatti é graduado em história pela Universidade de São Paulo (USP) e possui doutorado em História Social pela USP. É pós-doutor e livre-docente pelo Instituto de Estudos Brasileiros da USP. 

    É professor titular do departamento de estudos ibéricos e latino americanos da universidade Sorbonne Nouvelle, na qual coordena o programa de mestrado em estudos lusófonos e co-dirige o Centre de Recherches sur les Pays Lusophones (CREPAL). 

    Entre suas principais publicações estão os livros História, dialética e diálogo com as ciências: a gênese de Formação do Brasil contemporâneo, de Caio Prado Jr. (1933-1942) (São Paulo, Intermeios, 2018) e Cantos de guerra: cantadores negros e as disputas em torno do gênero do Marco (1870-1930) (São Paulo, Alameda, 2019). 

    Paulo Iumatti

    Q

    Rosane Borges 

    Jornalista, doutora em Ciências da Comunicação pela ECA-USP, professora pesquisadora do Colabor (ECA-USP), articulista da Revista Istoé e do blog da Editora Boitempo. Autora de diversos livros, entre eles: Espelho Infiel: o negro no jornalismo brasileiro (2004), Mídia e racismo (2012) e Esboços de um tempo presente (2016). 

    Rosane Borges 

    Q

    Silvio Almeida

    Silvio Almeida é graduado em Direito e em Filosofia e doutor em Direito pelo departamento de Filosofia e Teoria Geral do Direito da USP (Universidade de São Paulo).  
     
    É professor de Filosofia do Direito e Teoria Geral do Direito da Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie, nos cursos de graduação e no programa de pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado) em Direito Político e Econômico. Professor da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV-EAESP).  
     
    Foi professor visitante do Centro de Estudos Latino-Americanos e Caribenhos da Universidade de Duke, onde lecionou as disciplinas “Vidas Negras Importam: EUA/Brasil” e “Raça e Direito na América Latina”. Diretor do Instituto Luiz Gama e advogado.  

    Silvio Almeida

    Q

    Thiago Nicodemo 

    Thiago Nicodemo é coordenador do Arquivo Público do Estado de São Paulo, presidente da Comissão Estadual de Acesso à Informação (CEAI), professor de Teoria da História da UNICAMP e responsável pelo Centro de Humanidades Digitais do IFCH-UNICAMP (https://www.chd.ifch.unicamp.br). Formado em História pela Universidade de São Paulo e em Direito pela PUC-SP (ambos em 2002), é mestre e doutor em História Social pela USP e duas vezes pós-doutor pelo Instituto de Estudos Brasileiros da USP, ambas com apoios FAPESP. Possui experiência internacional como pesquisador/professor na Freie Universität Berlin (entre 2017-2020, como bolsista Alexander von Humboldt Stiftung na modalidade de “pesquisador experiente”), na Adam Mickiewicz University, Poznań, Polônia (2019), na Stony Brook University (2015), na Oliveira Lima Library/The Catholic University of America (2014), na Universidade do Texas em Austin (2009-2010) e na Universidade de Bologna (2007). Autor dos livros “Urdidura do Vivido” (EDUSP, 2008), “Alegoria Moderna” (UNIFESP, 2014) e de “Uma Introdução à Historiografia Brasileira, 1870-1970” (2018, FGV, com Pedro A. C. dos Santos e Mateus Pereira). 

    Thiago Nicodemo 

    O que você vai aprender no CURSO
    12 Intérpretes do Brasil

     

    Aula 1

    José Bonifácio

    Tópicos: I. A trajetória de José Bonifácio. II. Seu papel nas lutas de Independência e as ideias mais importantes sustentadas por ele em seu projeto de nação.

    Júlio César Vellozo

    Aula 2

    André Rebouças

    Tópicos: I. A trajetória de André Rebouças. II. Seu papel na campanha abolicionista e que ideias professou como líder do movimento. III. Seu projeto político e econômico para o Brasil.

    Júlio César Vellozo

    Aula 3

    Oliveira Vianna

    Tópicos: I. Vida, carreira e obra de Oliveira Vianna. II. Do pecado eugenista à legislação trabalhista. III. Crítica ao liberalismo e ao idealismo da Constituição de 1891. IV. Bases sociais e pressupostos culturais da democracia e da nação. V. A democratização pelo alto.

    João Quartim de Moraes

    Aula 4

    Sérgio Buarque de Holanda

    Tópicos: I. A trajetória de Sérgio Buarque de Holanda. II. As ideias fundamentais de Raízes do Brasil. III. Outros aspectos importantes do pensamento do autor.

    Thiago Nicodemo

    Aula 5

    Gilberto Freyre

    Tópicos: I. Gilberto Freyre e o culturalismo norte-americano. II. As ideias fundamentais de Casa Grande & Senzala. III. Recepção e crítica das ideias freyrianas.

    Silvio Luiz de Almeida

    Aula 6

    Caio Prado Júnior

    Tópicos: I. Trajetória de Caio Prado Júnior. II. As ideias fundamentais da obra Formação do Brasil Contemporâneo. III. O legado de Caio Prado Júnior para o pensamento brasileiro.

    Paulo Iumatti

    Aula 7

    Florestan Fernandes

    Tópicos: I. A trajetória de Florestan Fernandes. II. A formação da “Escola de Sociologia Paulista” e as pesquisas feitas e orientadas por Florestan. III. A integração do negro na sociedade de classes. IV. A revolução burguesa no Brasil.

    Marcio Farias

    Aula 8

    Maria Sylvia de Carvalho Franco

    Tópicos: I. A trajetória de Maria Sylvia de Carvalho Franco. II. A noção de modernidade e o lugar do Brasil nela. III. As ideias fundamentais da obra Homens Livres na Ordem Escravocrata.

    Júlio César Vellozo

    Aula 9

    Paula Beiguelman

    Tópicos: I. A trajetória de Paula Beiguelman. II. Capitalismo, escravidão e situação colonial na visão de Paula Beiguelman. III. As ideias mais importantes de A formação do povo no complexo cafeeiro.

    Juliana Faleiros

    Aula 10

    Guerreiro Ramos 

    Tópicos: I. A trajetória de Guerreiro Ramos. II. Guerreiro Ramos e o ISEB. III. O que é a redução sociológica? IV. O caminho proposto por Guerreiro Ramos para que o Brasil superasse a condição colonial.

    Muryatan Barbosa

    Aula 11

    Lélia Gonzalez  

    Tópicos: I. A trajetória de Lélia Gonzalez. II. O feminismo negro. III. O feminismo latino-americano. IV. Racismo e sexismo na cultura brasileira.

    Rosane Borges 

    Aula 12

    Celso Furtado

    Tópicos: I. Trajetória de Celso Furtado. II. Celso Furtado e a sua visão sobre a dependência. III. As raízes do subdesenvolvimento e como superá-lo.

    Juliane Furno  

    Depoimentos

    Inscrição

    Tenha acesso ao catálogo de cursos exclusivos do KOPE com mais de 400 horas de conteúdo para assistir online, em qualquer lugar, a partir de 35 reais por mês. Sem taxas de cancelamento, você encerra sua assinatura quando quiser.

    Trimestral

    R$ 43,60

    POR MÊS

    Ou R$130,80 à vista no boleto

    Semestral

    R$ 40,00

    POR MÊS

    Ou R$240,00 à vista no boleto

    Anual

    R$ 35,00

    POR MÊS

    Ou R$420 à vista no boleto

    Perguntas e respostas

    Qual a carga horária?
    A carga horária é de 12 horas.
    As aulas são ao vivo ou ficarão disponíveis para que cada aluno assista de acordo com a sua disponibilidade?

    As aulas são gravadas e começarão a ser disponibilizadas aos alunos a partir de  janeiro  de 2022.

    Qual será o horário do curso?
    As aulas serão disponibilizadas de acordo com o cronograma e poderão ser assistidas no horário de preferência do aluno.
    Haverá certificado de conclusão?
    Sim, um certificado será emitido aos alunos que assistirem a no mínimo 95% das aulas.

    Conheça mais cursos

    Olá, gostaria de mais informações?